autorresponsabilidade

Um Ingrediente Indispensável para o Sucesso em Concursos Públicos

Você quer ter sucesso em concursos públicos??? Se sim, leia todo esse texto. Vai ser um marco na sua vida!!! Todas as pessoas, invariavelmente, buscam o sucesso, independentemente da área em questão. Pode ser sucesso financeiro, amoroso, conjugal, carreira e, no nosso caso, em concursos públicos.  E existe um ingrediente em comum a todas as áreas[…]


motivação

Como Despertar o Interesse e a Motivação nos Estudos

Precisando de motivação nos estudos? Nesse vídeo especial o Dr. Renato Alves (Campeão de Memorização no Brasil) explica como despertar o interesse e a motivação nos estudos.  Trata-se de uma conversa bem legal e que será útil tanto para você como para seus amigos…então compartilhe! ? Aproveite, porque ele faz parte do conteúdo do Curso de Estudo[…]


5 chaves para aprovação em concursos públicos

As 5 Chaves do Verdadeiro Poder da Aprovação em Concursos Públicos

Buscando aprovação em concursos? Há uns dias atrás assisti uma palestra do meu amigo Jober sobre motivação e dessa palestra tirei 5 chaves importantes para alavancar a vida de qualquer pessoa, principalmente para aquelas que possuem um propósito especial – aprovação, como acredito ser o seu caso, afinal você chegou até aqui! Veja, aprenda e aplique esses pontos! Isso[…]


Como Passar em Concursos Públicos durante a Crise no Brasil

Você pode estar se perguntando: Como passar em concursos públicos durante a crise no Brasil?  Bem, de acordo com a Agência Nacional de Proteção aos Concursos (ANPAC), os concursos públicos atraem aproximadamente 13 milhões de pessoas no país, mas estima-se que apenas 5% dos inscritos são competitivos, ou seja, apenas 650 mil. A conta é[…]


A vida é curta, leia rápido!!!

Permita-me uma pergunta capciosa: Quais partes do corpo você utiliza na leitura? Quando faço esta pergunta ouço todo tipo de resposta: olhos, mãos, boca, pescoço, nariz, bunda… ops! (um aluno me disse que só lia no banheiro). Na verdade é possível ler sem as mãos, sem mexer o pescoço ou sem precisar “sentar no trono”.[…]