[31 Dicas Científicas] COMO MANTER O FOCO E A CONCENTRAÇÃO NOS ESTUDOS

foco

Trago aqui uma coletânea de dicas de especialistas em programação neurolinguística para te ajudar a manter o foco e a concentração nos estudos!

Se quiser se aprofundar em alguma dica, basta pedir nos comentários que envio mais material!

Boa sorte!

Vamos lá…

01 – Saiba exatamente o que deseja conquistar e porquê. Essa clareza dá forças nos momentos de dificuldade.

certeza

 

02 – Tenha um plano

plano

Ao invés de criar vários pequenos planos ao longo do dia, por que não começar o dia com um grande planejamento? Defina horário para as tarefas que precisam ser feitas e siga o máximo que você puder do que foi planejado. Caso você não seja fã de fazer planos, defina pelo menos as 3 maiores prioridades e tente finalizá-las antes do dia acabar.

curso-de-planejamento-de-estudos

03 – Cumpra o que foi planejado, sem questionar.

 

04 – Reveja o planejamento periodicamente. Nesse momento você vai observar se o que idealizou é possível e está sendo cumprido ou precisa de ajustes.

 

05 – Respeite seu tempo

tempo

Se você é mais produtivo de manhã, deixe para estudar as matérias mais difíceis nesse período. Quando sentir que a concentração não está rolando de jeito nenhum, faça uma pequena parada e depois volte. Manter intervalos regulares é fundamental – e a frequência vai depender do seu ritmo.

 

06 – Tenha uma programação organizada, mas seja flexível

Use uma agenda ou quadro branco para organizar suas tarefas e respeite-a! Mas faça programações realistas para que você não se desanime. Definir que você vai estudar durante oito horas por dia se você tem várias outras atividades, por exemplo, não é algo razoável. E esteja aberto para mudanças, caso seja necessário.

curso-de-planejamento-de-estudos

07 – Defina metas que devem ser cumpridas para chegar ao objetivo.

metas

 

08 – Organize sua vida para incluir o cumprimento das etapas, que podem ser subdivididas em metas mensais, semanais ou diárias. Desta forma, cada tarefa terá seu lugar na rotina, o que evita o estresse e o desgaste por ter de administrar muitas coisas.

09 – Planeje as metas detalhadamente. Isso permite que você saiba exatamente o que precisa fazer a cada momento.

10 – Crie um pequeno ritual antes de estudar

ritual

Sempre que for mergulhar nos estudos, crie e respeite um ritualzinho antes. Pode ser um alongamento, pegar um copo de suco para deixar na sua mesa, ou que mais achar melhor. Com o tempo, seu cérebro vai entender que é hora dos estudos e ficará mais fácil se concentrar.

Se você tem que estudar, tem que estudar, quer goste ou não. O hedonismo ao qual estamos acostumados nos faz pensar que tudo o que temos que fazer é por gosto e com gosto. Sinto muito, mas não é assim. Independentemente de quão excitante pareça ser, se você precisa estudar, nem sequer pense se vai gostar ou não. Vá direto ao ponto e não dê mais voltas.

Não se submeta à ideologia limitante de que tudo na vida são flores e de que é preciso sentir um estímulo motivador e agradável para iniciar algo. Desse jeito você apenas conseguirá sucumbir a uma miríade de distrações que se encontram ao seu redor.

 

11 – Concentre-se em seus objetivos

concentracao

Lembre cada manhã que você possui grandes motivos para estudar: seus objetivos. Você estuda por algo e para algo. E apenas conseguirá se estudar.

Você pensa cada manhã: como vou alcançar minhas metas de hoje? Esqueça o que você quer fazer nesse momento, e pense no que você vai poder aproveitar quando alcançar seus objetivos.

 

12 – Evite distrações

distracao

Facebook, Twitter, Instagram, Snap, Whatsapp, celular – evite todos os sites ou aparelhos que possam atrapalhar a sua atenção. Caso você trabalhe com alguma função em que seja importante checar os e-mails frequentemente, separe momentos específicos para fazer isso. Não pare de fazer o que você está fazendo para ver o que está acontecendo no seu perfil do Facebook. E nem caia na tentação de abrir o Facebook só por “dois minutinhos”. Esses dois minutinhos sempre se estendem e acabam com toda a sua concentração. Reserve um tempinho do seu dia só para as redes sociais e faça isso virar rotina para que se acostume a checá-la apenas nesse tempo específico.

 

 13 – Lugar tranquilo

lugar-tranquilo

Se você trabalha em uma empresa em que há muitas pessoas andando e bastante barulho, peça para fazer a sua tarefa em uma sala mais isolada, ou até mesmo em casa. Por mais esforço que você faça, barulhos de passos e telefones tocando impedem que você se foque o máximo possível.

 

 14 – Use um cronômetro

cronometro

Caso o deadline esteja muito próximo, ou você tenha muitas coisas para fazer em um só dia, defina uma quantidade de tempo para realizar cada tarefa e faça o máximo possível para terminar nesse tempo. Entre cada serviço finalizado, dê a si mesmo uma pausa de 10 minutos para descansar.

 

 15 – Durma

durma

É essencial que você esteja descansado, pois sentir sono é o principal problema na hora de se concentrar. Tenha boas noites de sono e não durma muito tarde.

 

 16 – Conheça o seu ritmo

ritmo

Todos nós temos momentos do dia em que estamos mais produtivos. Descubra quais são os períodos do dia em que você está mais disposto e deixe para fazer trabalhos mais complexos nessas horas. Você irá perceber que a sua capacidade de resolver problemas e absorver conhecimento será muito maior.

 

 17 – Divida sua jornada de trabalho em fatias

fatias

O cérebro humano consegue se fixar num único objeto durante 50 ou 60 minutos. Depois desse período, a atenção inevitavelmente se esvai.

A dica é trabalhar ininterruptamente durante esse bloco temporal, e então fazer um intervalo de cinco a 10 minutos para checar mensagens do celular, acessar redes sociais ou levantar para tomar um café.

A pausa ajuda a descansar as áreas ativas no cérebro até então. Após esse breve período de relaxamento, você estará pronto para outra sessão de trabalho.

curso-de-planejamento-de-estudos

18 – Primeiro estude, depois relaxe

relaxar

É preciso mais do que tempo de estudo para assimilar os conhecimentos. A informação é absorvida e se torna parte de você quando você relaxa. Assim, o descanso é essencial após o estudo. Você precisa descansar para assimilar a informação. Por isso, perder horas de sono não é nem um pouco eficaz. Além disso, você deve intercalar momentos de relaxamento em suas sessões de estudo. Além de intercalar alguns minutos para se mover a cada 30 minutos, você deveria fazer uma parada de 20 minutos para cada hora e meia, onde deve descansar e relaxar para que a informação se estabeleça no seu cérebro. Feche os olhos e deixe o que você aprendeu ser absorvido.

 

19 – Aproveite as pausas

É importante que você tire pausas ao longo do dia, mas é ainda mais importante que essas pausas sejam proveitosas. Durante os seus minutos livros, ande ao redor do quarteirão, beba água, coma alguma coisa e converse com outras pessoas. Atividades como essas fazem com que o seu cérebro se sinta descansado e pronto para mais tarefas.

 

20 – Ouça música instrumental

musica

Caso você esteja realizando alguma tarefa que envolve linguagem, como textos ou leitura, coloque um fone de ouvido e escute música instrumental. Ouvir músicas com letras é entendido pelo cérebro como uma atividade verbal e pode atrapalhar o seu trabalho.

 

21 – Elimine a bagunça e o desconforto

bagunca

Mesas de trabalho caóticas são “horríveis para o cérebro”. Isso porque o sistema nervoso tende a se espelhar no ambiente externo. “Se não há lógica do lado de fora, fica difícil se organizar internamente”, afirma.

É verdade que o caos pode ser um grande aliado na busca por criatividade e inovação. Mas, se o seu objetivo é terminar uma tarefa, é melhor manter a sua escrivaninha limpa e organizada.

A falta de cuidado com a ergonomia também pode gerar distrações. “A sua postura de trabalho deve ser correta e confortável, para que o seu cérebro não se concentre mais no cansaço do corpo do que no trabalho”, recomenda a professora.

 

22 – Não se contente em ler: escreva!

escrever

Segundo o professor e autor de livros com dicas para estudos Pierluigi Piazzi, é importante estudar escrevendo, e não só lendo. “Quem só lê perde a concentração. Quem escreve consegue entender o assunto e mantê-lo na mente”, explica ele.

 

23 – Escreva à mão em vez de digitar

Pesquisas já mostraram que os alunos que fazem isso aprendem mais do que quem só digita. “Você tem movimentos totalmente distintos para escrever cada letra a mão, mas isso não existe quando você está digitando. Isso faz com que mais redes neurais sejam ativadas no processo da escrita”, diz o professor.

 

24 – Como saber o que vale colocar no papel

Faça resumos, fichamentos e esquemas da matéria. Mas nada de ficar copiando todo o conteúdo dos livros. Para saber o que vale escrever, faça de conta que você está preparando uma cola para uma prova. Por ter pouco espaço e pouco tempo para consulta-la, é preciso ser conciso, mas ao mesmo tempo abordar os pontos principais. É disso que você precisa quando for estudar.

 

25 – Revise a matéria que aprendeu em aula no mesmo dia

Além de evitar acumular matérias, estudar o conteúdo visto em sala de aula no mesmo dia fará com que seu cérebro entenda que aquilo é importante e o memorize.

curso-de-planejamento-de-estudos

26 – Estude sozinho

estudar-sozinho

Vamos combinar que, por mais legal que seja se reunir com os amigos para estudar, você acaba falando mais de outras coisas e as dúvidas permanecem. Estudar em grupo é útil se você for a pessoa que explica a matéria para os outros. Quem ouve não aproveita, diz ele. A melhor dica para um bom estudo, aliás, e explicar a matéria para si mesmo.

 

27 – Use as aulas para entender as matérias e tirar dúvidas

tirar-duvidas

Um erro comum é fazer dois cursinhos para ter um maior numero de aulas – o que realmente vai fazer diferença no concurso é o momento em que você estuda sozinho, não o número de aulas que pegou. Mas isso não significa que vale cabular ou dormir nas aulas: elas são importantes para entender a matéria e tirar dúvidas.

 

28 – Use marca-texto

marca-texto

Usar canetas coloridas e marca-texto para enfatizar os pontos principais é uma boa ajuda para manter o foco no que for importante, especialmente se você tem problemas mais sérios de déficit de atenção. Post-its também podem ser úteis.

 

29 – Estude antes de dormir

estude-antes-de-dormir

Algumas pesquisas afirmam que dormir depois de estudar pode melhorar a memória do que foi previamente estudado e consolidar a aprendizagem. Isso tem muito a ver com o que explicamos no ponto anterior. Ler antes de dormir também pode fazer maravilhas para o funcionamento da memória a longo prazo.

No entanto, isso não significa que você tenha que perder horas de sono. Foi demonstrado que a privação do sono diminui significativamente o aprendizado de até três dias depois.

 

30 – Pratique exercícios

exercicio

Estudar não significa que você tenha que se esquecer da saúde e do corpo.

O exercício também é bom para o cérebro, já que com ele obtemos uma fonte adicional de sangue e oxigênio que pode melhorar a função cerebral.

 

31 – Mantenha-se bem alimentado durante todo o dia

alimentacao

Trabalhar em jejum não é uma boa ideia para quem busca concentração. Isso porque o sistema atencional requer uma grande quantidade de energia, segundo a neurocientista.

Durante a jornada de trabalho, é aconselhável ter sempre algo no estômago: tanto para que haja força suficiente no organismo para manter o foco, quanto para que o cérebro não se distraia com a fome.

Comer bem, evitando o excesso de cafeína e, claro, de álcool, é fundamental para ter um bom rendimento no estudo. Os alimentos ricos em ácidos graxos essenciais são bons para o cérebro, e parecem ajudar a estimular a memória e as lembranças.

Não é necessário ingerir grandes quantidades de alimento. Segundo Carla, basta uma barrinha de cereais ou um suco entre as principais refeições do dia.

 

Bem, por hoje é só….

 

Conteúdo adicional….

Se você precisa de ajuda para aprender a memorizar melhor ou aprender leitura dinâmica, veja isso:

Curso de Memorização

Curso de Leitura Dinâmica

 

Se você precisa aprender um Método de Estudo e ter um Guia Prático para sua Aprovação, clique AQUI!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *