Como Passar em Concursos Públicos durante a Crise no Brasil

concursos públicos

Você pode estar se perguntando: Como passar em concursos públicos durante a crise no Brasil? 

Bem, de acordo com a Agência Nacional de Proteção aos Concursos (ANPAC), os concursos públicos atraem aproximadamente 13 milhões de pessoas no país, mas estima-se que apenas 5% dos inscritos são competitivos, ou seja, apenas 650 mil.

A conta é mais ou menos assim: a cada grupo de 100 inscritos, 30% não comparecem; dos que comparecem para resolver a prova de 5 a 10% disputam vagas, ou seja, de 4 a 7 poderão ser classificados.

 

Então, não se preocupe com a relação candidato vaga, preocupe-se em preparar-se adequadamente e com métodos que geram resultados efetivos e duradouros.

 

Podemos afirmar que não há momento melhor do que o atual para quem busca um cargo ou um emprego público, seja no Executivo, no Legislativo ou no Judiciário, como meio de vida e de garantia de um futuro mais tranquilo para si e sua família.

 

Mas e a crise???

concursos públicos

Mas aí virão as perguntas: E a crise? E os cortes no orçamento? Repito: não há momento melhor para quem quer se preparar para um cargo público. Milhares de candidatos desistirão de seus objetivos por conta das notícias ruins que circulam na mídia sobre o momento delicado em que vive o nosso país.

 

Essa grande massa de candidatos “de pouca fé” desistirá por pensar exclusivamente no curto prazo.

 

Enquanto isso, outros candidatos, e espero que você esteja nesse grupo, continuarão normalmente o ritmo de estudos e estarão muito mais competitivos quando a enxurrada de editais sair. Isso certamente acontecerá em algum momento por conta dos graves quadros de servidores em alguns órgãos e entidades públicas do país.

 

Agora reflita um instante comigo, quanto tempo demora para se concluir uma faculdade? Uma pós-graduação? No caso de uma faculdade de administração, por exemplo, o curso demora em média 4 anos e dependendo da instituição você desembolsará mais de 30.000 reais apenas em mensalidades durante esse período, sem garantias que esse diploma lhe assegurará uma remuneração atrativa no futuro. Uma pós-graduação de 18 meses pode custar R$8 mil reais, também sem garantias.

 

Já quem estuda com afinco em 4 anos pode investir menos do que isso, passar em diversos concursos públicos e ser nomeado, garantindo uma remuneração para o resto da vida e um nível de estabilidade invejado por muitos, principalmente em um país de tamanha incerteza como o Brasil.

concursos públicos

E tem mais, pense no tempo de ascensão profissional dentro da iniciativa privada. Quanto tempo demora em média para se progredir dentro da empresa e até chegar em um cargo de gerência?

 

Na absoluta maioria dos casos, vários anos, talvez até mais de uma década. E apesar disso os salários oferecidos, mesmo em cargos de gerência, tendem a serem inferiores aos que são pagos em cargos de alto nível no funcionalismo público, além, é claro, do funcionário privado não ter garantia nenhuma de emprego no futuro.

 

O Pulo do Gato….

Portanto querido amigo e amiga concurseiros, é preciso pensar e estudar de maneira estratégica. Criar um projeto de mudança de vida de médio a longo prazo, decidir qual é o seu objetivo e traçar um plano de estudos focado em uma carreira. Ter um método de estudo no qual você se dedique com perseverança!

 

É imprescindível não se distrair pelas notícias que nos cercam e as pessoas negativas que estão cada vez mais presentes. Não perder tempo olhando comentários desmotivadores em grupos do Facebook ou WhatsApp que pouco agregam para aqueles que estão focados em seu projeto e não vão desistir até alcançar a sua meta.

 

Sabe de uma coisa, estudar alguns anos para ser aprovado e nomeado certamente pode ser muito mais promissor do que continuar no seu emprego atual ou buscar especializações que talvez não tragam o retorno esperado. Há poucos investimentos, de tempo e dinheiro, que dão o retorno vitalício que uma carreira pública pode proporcionar. Costumo dizer que sem sacrifício não há resultados! O famoso “No pain, no gain”!

concursos públicos

 

Em uma pesquisa foi traçado o perfil dos concurseiros, verificou-se que 41% deles foram ou são estudantes de escolas públicas, contra 59% egressos de escolas particulares, fato que demonstra o caráter democrático e a vocação para a inclusão social dos concursos públicos. Outro dado importante: 40% dos candidatos sequer leem o edital do concurso em que concorrerão, o que representa sério risco de reprovação para um altíssimo percentual de candidatos, por mero desconhecimento das exigências das bancas examinadoras.

 

Também é relevante saber que 36% não se julgam preparados para fazer o concurso para o qual estudaram, fato bastante animador para os 64% restantes, que se prepararam adequadamente e com antecedência – sem edital na praça.

 

Vagas Disponíveis

Estima-se que apesar dos cortes, este ano mais de 100.000 vagas efetivas e temporárias estarão à disposição de quem deseja, seriamente, conquistar o seu lugar em um órgão público ou em entidade pública, em cargo de nível médio ou em cargo de nível superior, no governo federal ou no governo local.

 

E mais, há grandes possibilidades de inúmeras autorizações de concursos públicos em 2016 para realização em 2017. Se você está começando agora, você recebeu um prêmio, pois dificilmente conseguiria passar em um concurso de alto nível se as provas fossem realizadas nos próximos meses. Agora terá tempo para tirar o atraso enquanto outros, que possivelmente estão mais competitivos que você hoje, vão desistir.

concursos públicos

 

O que fazer…

Se você já vem estudando há algum tempo, é importante não perder o ritmo de estudos, ou correrá o risco de esquecer diversos conhecimentos consolidados e deixará que muitos cortem a fila.

Saiba que existem técnicas de leitura dinâmica específicas para estudo que ajudam a aprender, fixar e memorizar a matéria, além de aumentar a velocidade da leitura em 5x!!! Veja aqui.

concursos públicos

Aprenda a Ler Mais Rápido

Enfim, as vagas serão abertas! Os concursos continuarão! A aprovação depende exclusivamente do seu esforço em realizar o seu projeto. O concurso público é o processo mais isonômico de seleção do país por não considerar idade, aparência e classe social.

Tudo depende do talento, da disciplina e da perseverança de cada candidato.

Conte com a gente e não deixe de participar do nosso CLUBE DA APROVAÇÃO!!!

concursos públicos

Clube da Aprovação

One thought on “Como Passar em Concursos Públicos durante a Crise no Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *